Trabalho com grupos de mulheres é celebrado em Porto Mauá

No período de pandemia da Covid-19, o contato passou a ser virtual, permitindo que o vínculo se mantivesse apesar do distanciamento físico

Trabalho com grupos de mulheres é celebrado em Porto Mauá

As atividades realizadas com grupos de mulheres assessoradas pela Emater/RS-Ascar, em Porto Mauá, foram celebradas em encontro de encerramento de ano, no dia 05/11. No total, 85 mulheres têm a oportunidade de socializar em 10 grupos organizados do município, em encontros periódicos que contemplam temas como segurança e soberania alimentar, gestão da propriedade, organização social e comunitária, artesanato, promoção da saúde e bem-estar, saneamento básico e geração de renda. No período de pandemia da Covid-19, o contato passou a ser virtual, permitindo que o vínculo se mantivesse apesar do distanciamento físico.

No encerramento do ano, realizado pela Emater/RS-Ascar e Secretaria Municipal de Agricultura no Salão da Comunidade de Campo Alegre, buscou-se retomar a importância de laços afetivos, cuidado com a saúde mental, relações sociais e autoestima, na palestra conduzida pela extensionista do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar Vanessa Gnoatto e pela terapeuta motivacional Daniela Rhoden. Participaram em torno de 60 mulheres, seguindo os protocolos sanitários previstos pelas autoridades em saúde, como o uso de álcool em gel, máscara e aferição de temperatura.

A extensionista da Emater/RS-Ascar em Porto Mauá Leni dos Santos Froelich destaca que o trabalho produtivo nas propriedades rurais, assim como a gestão, conta com o envolvimento e o protagonismo de mulheres, além de elas assumirem um papel importante na promoção da segurança e da soberania alimentar, nos cuidados com a saúde e no vínculo comunitário. Reconhecendo esta importância, através do envolvimento com grupos organizados e do assessoramento às famílias, a Emater/RS-Ascar procura dar visibilidade ao trabalho das mulheres em propriedades rurais e atender a suas demandas por assistência técnica e social.

O estímulo ao protagonismo das mulheres na propriedade rural, seja na produção, gestão ou comercialização e na promoção do bem-estar, assim como na participação em diferentes espaços sociais, é justamente uma das ações da Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) desenvolvida pela Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional Santa Rosa

Jornalista Deise A. Froelich