Dia Mundial da Alimentação é celebrado no dia 16 de outubro

Neste ano, a Semana da Alimentação acontece de 12 a 18 de outubro

Dia Mundial da Alimentação é celebrado no dia 16 de outubro

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado no dia 16 de outubro, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), que define uma temática para cada ano.

No RS, todos os anos é realizada a Semana da Alimentação com muitas atividades e debates. Neste ano, a Semana da Alimentação acontece de 12 a 18 de outubro e é organizada pela Emater/RS-Ascar, conselhos de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Consea/RS) e o Regional de Nutricionistas da 2ª Região (CRN-2), Associação Gaúcha de Nutrição (Agan), Fórum de Segurança Alimentar e Nutricional (Fesans/RS) e o Governo do Estado, representado pela Secretaria de Trabalho e Assistência Social (STAS), com a colaboração de outras entidades.

Com a temática “Segurança Alimentar e Nutricional: estratégias e ações integradas em tempos de pandemia”, a Semana da Alimentação faz um chamamento para a solidariedade de ajudar as pessoas mais vulneráveis, através de estratégias e ações integradas no enfrentamento à situação de insegurança alimentar.

“Nesse momento de pandemia é necessário pensar estratégias articuladas de forma que a população seja igualmente atendida e possamos minimizar a situação de insegurança alimentar. Apoiarmos esses verdadeiros ‘heróis da alimentação’, os agricultores e trabalhadores do campo, que garantem que os alimentos cheguem da terra à mesa de todos”, analisa Leila.

A extensionista avalia que o isolamento/distanciamento social provocado pelo novo coronavírus pode ser considerado uma oportunidade de inovar e reconstruir as relações de compra e venda de alimentos, a exemplo da plataforma de comercialização Feira Virtual da Agricultura Familiar (Fevaf) http://www.emater.tche.br/site/fevaf/, desenvolvida pela Emater/RS-Ascar e Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), que tem mais de 90 mil visualizações e 900 empreendimentos cadastrados, conectando agricultores e cooperativas e agroindústrias da agricultura familiar a consumidores gaúchos. “É preciso também repensar a distribuição dos alimentos através dos programas sociais e das iniciativas de solidariedade”, finaliza.

Foto: Vanessa Almeida de Moraes, jornalista da Emater/RS-Ascar na região de Passo Fundo