Curso da Emater/RS-Ascar incentiva empreendedorismo de jovens rurais

Curso da Emater/RS-Ascar incentiva empreendedorismo de jovens rurais

A agricultora Teresinha Scherer, de Sapiranga, acredita nos cursos promovidos pela Emater/RS-Ascar para o desenvolvimento de seus filhos e a permanência deles no campo com a família. Ela contou como sua filha se tornou uma referência no município e é a presidente da Associação Koloniegeschmack e o quanto os cursos feitos por ela contribuíram para o seu crescimento e empoderamento. Por isso, seu outro filho, Luís, está iniciando o curso de Empreendedorismo e Desenvolvimento para a Juventude Rural, que começou nesta quarta-feira (29/03), no Centro de Treinamento de Agricultores em Montenegro (Cetam). “Eu acredito que este curso possa ser tão bom para ele quanto os outros todos que minha filha fez”, falou ela aos presentes na abertura do evento.

O Curso de Empreendedorismo e Desenvolvimento para a Juventude Rural teve em sua abertura a presença de autoridades, pais e de 30 jovens provenientes de Camaquã, Mariana Pimentel, São Jerônimo, Sentinela do Sul, Sertão Santana, Dois Irmãos, Igrejinha, Morro Reuter, Novo Hamburgo, Presidente Lucena, Sapiranga e Triunfo. O diretor técnico da Emater/RS-Ascar prestigiou o evento e destacou a importância das parcerias com prefeituras e agências do Sicredi para a realização de mais um curso. Além disso, ressaltou a estratégia continuada de ações da Assistência Técnica e Extensão Rural e Social com a juventude, que inclui os cursos e capacitações, para o incentivo e desenvolvimento do espírito empreendedor.

Após a abertura, os jovens e seus familiares assistiram à palestra da extensionistas rural social da Emater/RS-Ascar de Cruzaltense Angélica Gazzoni, que abordou as relações familiares e como elas impactam na sucessão rural. “É preciso refletir sobre a forma como conduzimos a criação dos filhos e dialogamos com eles para que eles não se tornem somente herdeiros, mas também sejam sucessores dos negócios, das tradições e valores da família”, completa.

Na sequência, a coordenadora do curso, Clarice Vaz Emmel Böck realizou uma dinâmica em que familiares e cursistas expressaram seus sonhos. Na parte da tarde ocorreram o levantamento de expectativas e atividades de integração, apresentação dos cenários da agricultura familiar na região e oportunidades de empreendedorismo, seguido de jantar.

Durante a programação de quinta-feira (30/03) serão trabalhados fundamentos e ferramentas para construção do diagnóstico de uma propriedade e a elaboração, na prática, de um diagnóstico rápido participativo nas propriedades das famílias de Leandro e Juliana Vieira dos Santos e Regis e Inês Nunes Alf, de Montenegro. Após a realização do diagnóstico eles farão a apresentação aos colegas. Na sexta-feira a estrutura institucional será apresentada aos jovens e os cursos que são oferecidos nos Centros de Treinamento gerenciados pela Emater/RS-Ascar. Eles também darão início à construção do projeto produtivo para a propriedade em que vivem.

A programação é desenvolvida com o primeiro módulo acontecendo nos dias 29, 30 e 31 de março e o segundo módulo em abril. O terceiro será em maio, o quarto em junho, o subsequente julho e o módulo de encerramento em agosto.

O curso tem como objetivos a construção de possibilidades de permanência dos jovens no meio rural, incentivo ao protagonismo e empreendedorismo, tanto social quanto econômico ou ambiental, reforçando perspectivas de sucessão rural. Dividido em seis módulos, os encontros ocorrem uma vez ao mês e duram dois ou três dias, perfazendo uma carga horária de 30 horas, divididas em três períodos (manhã/tarde/noite).

Os jovens, junto com suas famílias, assumirão a responsabilidade na elaboração de projetos individuais e/ou comunitários, considerando os aspectos sociais, econômicos, ambientais e culturais de suas realidades, bem como das suas vivências e trocas de experiências oportunizadas ao longo do curso.

Os Escritórios Municipais da Emater/RS-Ascar farão o acompanhamento técnico durante os períodos entre os módulos, orientado a elaboração dos projetos produtivos individuais ou coletivos. Além disso, este acompanhamento possibilitará a execução prática do aprendizado.

O curso é promovido pela Emater/RS-Ascar; Afubra; Sicredi Interestados, Centro Leste, Ouro Branco, Pioneira e Caminho das Águas; além das prefeituras de Camaquã, Mariana Pimentel, São Jerônimo, Sentinela do Sul, Sertão Santana, Dois Irmãos, Igrejinha, Morro Reuter, Novo Hamburgo, Presidente Lucena, Sapiranga e Triunfo.