Cotrirosa repassa recursos aos produtores de leite da CCGL

Ao todo o valor de R$ 616.535,92 foram distribuídos aos 230 produtores que se enquadram no benefício

Cotrirosa repassa recursos aos produtores de leite da CCGL
Cotrirosa repassa recursos aos produtores de leite da CCGL

O pagamento do retorno financeiro aos associados da Cotrirosa que entregaram leite para a Cooperativa Central Gaúcha Ltda (CCGL), de forma ininterrupta, durante o ano passado, teve ao todo o valor de R$ 616.535,92 distribuídos aos 230 produtores que se enquadram no benefício.

O valor é parte dos 20% das sobras do exercício, previsto no estatuto da CCGL, distribuído diretamente aos produtores. Os 230 associados da Cotrirosa entregaram 31 milhões de litros de leite para a Cooperativa Central Gaúcha, em 2019.

Conforme o presidente da Cotrirosa, Eduino Wilkomm, a participação dos associados nas sobras do balanço é um dos benefícios gerados pelo cooperativismo. “Este retorno é um incremento na renda das famílias produtoras que trabalham de forma cooperativada. É o resultado do esforço coletivo, privilégio do sistema cooperativista, que propicia a distribuição de parte dos resultados aos seus associados”.

Além disso, os municípios da área de atuação da Cotrirosa que entregam o leite para a CCGL também são beneficiados, através de convênio firmado, que oportuniza a divisão do ICMS adicionado gerado na indústria de Cruz Alta, entre os municípios de origem da matéria-prima, ou seja, do leite.

Para o médico veterinário da Cotrirosa e responsável pelo setor leiteiro, Augusto Moroni, os produtores que entregam leite para a CCGL via Cotrirosa, estão satisfeitos com a forma de assistência e comercialização do produto. “Do total do leite entregue no ano passado, 95% se enquadra nas exigências para receber o retorno, o que mostra o contentamento dos produtores com a política de trabalho da CCGL e Cotrirosa. Nosso compromisso enquanto cooperativa, é manter um trabalho sério e direcionado para que os produtores sigam na atividade e com resultados satisfatórios na produção leiteira”, destaca Moroni.

A Cotrirosa está entre as cooperativas que integram o sistema CCGL, uma das maiores cooperativas do Brasil, que possui capacidade para industrializar 2,2 milhões de litros de leite por dia. O parque industrial, localizado em Cruz Alta/RS, conta em sua estrutura com um dos mais modernos processos de fabricação da América Latina.