Cotrirosa duplica capacidade da central de tratamento de sementes

A novidade foi anunciada durante live que aconteceu na tarde da terça-feira, 13, transmitida pelo canal da Cotrirosa no YouTube

Cotrirosa duplica capacidade da central de tratamento de sementes
Cotrirosa duplica capacidade da central de tratamento de sementes

A tecnologia está cada vez mais presente no dia a dia do agricultor. Pensando nisso, a Cotrirosa em parceria com a Bayer vai ampliar a capacidade da central de tratamento de sementes industriais através da aquisição de uma nova máquina. A novidade foi anunciada durante live que aconteceu na tarde da terça-feira, 13, transmitida pelo canal da Cotrirosa no YouTube.

A nova máquina vai duplicar a capacidade operacional e aumentar a precisão e eficiência do tratamento nas sementes. De acordo com o engenheiro agrônomo da Cotrirosa, Jairton Dezordi, a nova estrutura permitirá o tratamento de 450 sacos de semente por hora. “A certeza de oferecermos aos produtores uma semente de qualidade e protegida, nos dá a tranquilidade e a garantia de termos um bom desempenho da cultura nas lavouras e um ótimo resultado na safra”, destaca.

Para o gerente regional da Bayer, Gabriel Kirchner, isso significa uma evolução para a região. “Estamos falando em entregar mais valor ao agricultor, com um tratamento de maior assertividade do princípio ativo em cada semente, garantindo através das tecnologias adequadas, mais qualidade e produtividade. É uma máquina referência em qualidade e quantidade que coloca a Cotrirosa entre as empresas que entregam um dos melhores tratamentos de sementes do Brasil”, enfatiza Kirchner.

Na ocasião, o presidente da Cotrirosa, Eduino Wilkomm, recebeu da representante técnica da Bayer, Fabiele Peter, um troféu pela parceria com a Bayer e, principalmente, pelo reconhecimento em excelência no tratamento de sementes. “Estamos orgulhosos em poder entregar cada vez mais aos nossos associados e clientes um serviço de qualidade também no que diz respeito ao tratamento de sementes, principalmente com maior segurança ao produtor”, afirma Wilkomm. A previsão é de que a nova máquina entre em funcionamento para o próximo plantio do trigo.

A live também contou com a participação de representantes da Bayer entre eles: o gerente de estratégia e operações de marketing, Lucas Santos; o gerente de equipamentos e serviços, Ricardo Otranto e a especialista de produtos e serviços, Danila Conceição.

A Cotrirosa atua com a central de tratamento de sementes desde 2015 com a industrialização de sementes de soja, trigo e milho.